TENDENCIOSOS: MARIANA CARDOSO – VESTINDO O FILHO APROPRIADAMENTE COM QUALIDADE E CONFORTO


Nesse mês tão especial, celebrando o dia das crianças, o Partage Shopping Mossoró realiza mais uma edição da coluna Tendenciosos. A nossa convidada de hoje é Mariana Cardoso que vai falar um pouco sobre e como vestir os filhos apropriadamente, pensando sempre no conforto e na qualidade das peças para as crianças.

Mariana é mãe da pequena Marina, está no mundo da beleza e do estilo, apresentadora de TV onde ao lado de sua irmã, Ana, comanda um programa para a família. Além disso, é uma das idealizadoras do projeto “Papos de Mãe”, e assume com orgulho o posto da maternidade. Mariana Cardoso aceito o convite da equipe do Tendenciosos, dando muitas dicas, confira a entrevista.

1 – Quais os critérios para comprar uma roupa de criança que esteja adequada a idade?
R: O primeiro critério que considero na hora de comprar uma roupa para criança é que ela seja confortável e adequada às necessidades específicas, que surgem em cada faixa etária. Também observo se as costuras estão bem feitas, se os acabamentos são delicados, se tem algum detalhe áspero ou algum aviamento que possa arranhar a pele da criança. Resumindo: observo se as roupas são confortáveis, resistentes, e práticas para uso versátil.

2 – Quais peças evitar na hora de comprar roupas para os pequenos?
R: Peças que não condizem com a idade, deixando a criança com aparência vulgar, às vezes muito justas e desconfortáveis.

3 – As crianças devem opinar na escolha de suas roupas? Se sim, como adequar o gosto delas a uma estética agradável e confortável?
R: Enquanto bebês, conseguimos escolher os looks dos pequenos, e as vestimos de acordo com o nosso estilo, mas quando eles chegam a uma certa idade (minha filha iniciou com 3 anos), torna-se quase impossível para os pais escolherem todas as roupas. Na minha casa, temos um “acordo”, e eu sugiro as mamães a fazerem dessa forma. Tem dado certo por aqui. Quando ela não quer uma roupa específica, procuro saber qual o “defeito”, por que não gosta e se realmente a roupa para ela é desconfortável, caso eu constate que está apertada, ou por outra razão convincente, já separamos juntas para doação. Se é pelo gosto mesmo, porque não quer aquela cor ou aquele modelo, procuro “valorizar” a peça, fazendo com que ela aprenda a gostar de usá-la, e deixo para tentar em uma próxima vez!

4 – Quais peças ideais para comprar para as meninas? E para os meninos?
R: As ideais são as que eles se sintam bem. As que não limitem as crianças a ficarem como “bonecos”, e sim, deixe-as livres, leves para aproveitarem o tempo para brincar!!

5 – Peças infantis tem um tempo de uso menor, tendo em vista o crescimento das crianças, em quais peças os pais podem investir que terá uma duração maior?
R: Costumo investir em peças ajustáveis! A maioria dos shorts de hoje tem “ajuste” na cintura, uma espécie de elástico que vai diminuindo ou aumentando conforme o desenvolvimento da criança!